Mais Soja
Em meio a incertezas e foco no plantio, Brasil tem poucos negócios com trigo

O mercado brasileiro de trigo teve mais uma semana de poucos negócios. Segundo o analista de Safras & Mercado, Elcio Bento, o cenário é cercado de incertezas e a safra nova é uma incógnita. Os produtores estão focados no plantio. Os demais agentes aguardam um cenário mais claro, em meio à volatilidade dos preços internacionais e do câmbio.


Ontem, num dia sem o referencial dos preços internacionais, e com o dólar em queda, os reportes de negócios com trigo foram pontuais no Brasil. No mercado gaúcho, trigo de bom (PH entre 77/78) foi vendido entre R$ 1.520 e R$1.530 a tonelada. Para grãos com PH entre 76 por R$ 1.450. Cereal com qualidade inferior (74/75 de PH) a R$ 1.200 a tonelada. No Paraná, as indicações de compra seguem entre R$ 1.650 e R$ 1.700 por tonelada, dependendo da necessidade do moinho. Vendedores a partir de R$ 1.700 por tonelada.


Paraná

O Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, informou, em seu relatório semanal, que o plantio da safra 2023/24 de trigo do estado atingiu 96% da área estimada de 1,153 milhão de hectares. Ela deve ficar 19% abaixo dos 1,415 milhão de hectares cultivados em 2023.


Segundo o Deral, 67% das lavouras apresentam boas condições, 24% situação média e 9% ruins, entre as fases de germinação (4%), crescimento vegetativo (71%), floração (23%) e frutificação (2%). No dia 24 de junho, o plantio atingia 94% da área, com 69% das lavouras em boas condições, 24% em situação média e 7% ruins, nas fases de germinação (6%), crescimento vegetativo (79%), floração (14%) e frutificação (1%).


Rio Grande do Sul

O plantio do trigo atinge 69% da área no Rio Grande do Sul. Segundo a Emater/RS, na semana passada eram 56%. Em igual momento do ano passado, eram 82%. A média das últimas cinco temporadas é de 85%.


A estimativa da safra 2024 é de 1.312.488 hectares. Os trabalhos programaram mais lentamente em regiões onde houve maior umidade relativa do ar e solo e com mais intensidade onde não ocorreram chuvas. O plantio está atrasado, mas há perspectiva de conclusão dentro do período definido no Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC).


Argentina

O plantio de trigo atinge 85,3% na Argentina. Segundo a Bolsa de Buenos Aires, a projeção de área foi é estimada em 6,3 milhões de hectares. Na semana passada, o percentual era de 81% da superfície anterior. No ano passado, foram plantados 5,9 milhões de hectares. Em número absolutos, já foram semeados 5,376 milhões de hectares.


Já conforme levantamento semanal divulgado hoje pelo Ministério da Economia da Argentina, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, indicou que o plantio de trigo da safra 2024/25 atingiu 80% da área total prevista de 6,309 milhões de hectares. De acordo com o Ministério, na semana anterior a semeadura estava em 70%. No mesmo período da safra anterior, o plantio atingia 76% dos 5,916 milhões de hectares cultivados na temporada 2023/24.


Autor/Fonte: Gabriel Nascimento / Safras News







 


O post Em meio a incertezas e foco no plantio, Brasil tem poucos negócios com trigo apareceu primeiro em MAIS SOJA - Pensou Soja, Pensou Mais Soja.

Feed Sobre Privacidade Ajuda
© 2022 Buobe