Feed Food
Inverno: os cuidados em avicultura, aquicultura e bovinocultura de leite

Valeria Campos | valeria@dc7comunica.com.br





Com a chegada do inverno, a produção precisa de cuidados redobrados e um planejamento de ações para garantir o bem-estar dos animais. Na avicultura, é importante que os produtores redobrem a atenção neste período, especialmente nos primeiros dias de vida das aves – uma vez que as mesmas não possuem o sistema termorregulador da temperatura corporal desenvolvido.





“A primeira semana é considerada crucial para se obter um bom desempenho do lote. Qualquer falha neste período comprometerá o desempenho final”, inicia Paulo Giovanni de Abreu, Pesquisador A – Ambiência e Bem-Estar das Aves da Embrapa Aves e Suínos.





A aquicultura deve ficar também bastante atenta aos períodos de produção com alteração na amplitude térmica, ou seja, período de calor ou frio fora dos parâmetros de produção recomendados às espécies de cultivo, tanto peixe quanto camarão. 





Segundo o diretor da Suiaves, Luiz Eduardo Conte, existe uma temperatura ideal de produção para cada espécie ou animal: “Na zootecnia chamamos de homeostase (zona de conforto), onde o animal potencializa sua capacidade de produção em curva de crescimento, melhor eficiência na conversão alimentar e maior expressão do potencial genético”.





De um modo geral, as vacas leiteiras, principalmente as europeias (Holandesas, Jersey, Pardo Suiço) sofrem muito mais com o calor que com o frio. A faixa de conforto das vacas da raça Holandesa se situa entre 5º C e 15º C, mas elas suportam bem temperaturas entre -5º C e 22º C. 





Nessa faixa, elas conseguem manter a temperatura corporal dentro da normalidade (entre 38,5º C). Abaixo de -5º C, os animais começam a entrar em hipotermia. Como no Brasil não temos ocorrência de invernos severos, o risco de congelamento na ponta dos tetos é praticamente nulo (essa preocupação existe nos EUA e Europa). Quem traz essa explicação é Leonardo Dantas da Silva, sócio diretor da Cowtech. 





Leia a reportagem “HORA DE AJUSTAR O AMBIENTE”, na íntegra e sem custo, acessando a página 20 da edição de junho (nº 206) da Revista FeedFood.








LEIA TAMBÉM:





Estudo destaca crescimento de granjas tecnificadas de suínos no Brasil





Congresso das Mulheres vai reforçar potencial feminino em 2024





Quais são os fatores que afetam a qualidade do ovo?

Feed Sobre Privacidade Ajuda
© 2022 Buobe